Noticias do Setor

Sinduscon-GO presente no 98º ENIC

Na semana de 2 a 5 de abril, São Paulo foi palco do 98º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC) | Engenharia & Negócios, um evento de destaque promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Representando a Entidade, o presidente do Sinduscon-GO, Hidebrair Henrique de Freitas, juntamente com outros diretores, marcou presença no evento.

Durante os quatro dias do evento, uma ampla gama de debates sobre as últimas tendências e inovações do setor foi realizada, abrangendo temas como tecnologia, responsabilidade social, produtividade, sustentabilidade e infraestrutura.
Entre os mais de 50 painéis e oficinas oferecidos, um que deu destaque ao nosso Estado foi o case da Residência Técnica em Engenharia Civil, com participação do 1º Vice-presidente do Sinduscon-GO, Cezar Mortari, como um dos painelistas. Este painel proporcionou uma análise aprofundada da implementação do MBI (Master in Business Innovation), destacando os desafios enfrentados e as oportunidades que essa inovação traz para o setor.

Ressaltamos a organização do evento, conduzida com exímia competência, que trouxe dinamismo e proporcionou aos participantes maior proveito do Encontro. Expressamos nossa gratidão ao presidente da CBIC, Renato de Sousa Correia, que com maestria liderou os trabalhos, tornando possível a realização deste importante evento que promoveu debates essenciais sobre as últimas tendências e inovações do setor da construção.

Clique aqui para visualizar a apresentção.

Acompanhe a matéria sobre o MBI - Residência Técnica em Engenharia Civil publicada pelo Empreender em Goiás - O Portal do Empreendedor Goiano

O Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás), em parceria com entidades do setor, lançou um programa inédito no País para capacitação de engenheiros civis. O MBI (Master in Business Innovation) Residência Técnica em Engenharia Civil une estratégia e aplicação prática. O Sinduscon é responsável pelo custeio tanto da parte prática como da parte teórica da residência, ministrado pelo Senai-GO.

Informativo do Sinduscon-GO Construir Mais On-line Ano 2 Nº5

Acompanhe na entrevista com o Presidente do Sinduscon-GO, Hidebrair Henrique de Freitas, as metas e prioridades para sua gestão bem como a repercussão de sua posse nas entidades afins entre outros assuntos.

Aula Inaugural da Pós-Graduação MBI em Residência Técnica em Engenharia Civil

Com grande entusiasmo, compartilhamos alguns momentos da Aula Inaugural da Pós-Graduação MBI (Master in Business Innovation) em Residência Técnica em Engenharia Civil, que ocorreu na sexta-feira, dia 22/março no Anfiteatro da FATESG-SENAI. Este evento não apenas simboliza um avanço para a Construção Civil em Goiás, mas também sinaliza um progresso significativo para o setor em todo o Brasil.

#ENTREVISTA - Presidente Hidebrair de Freitas

Em uma entrevista esclarecedora, o presidente Sinduscon-GO, Hidebrair Henrique de Freitas, avalia o atual cenário da indústria da construção em Goiás, fala das principais metas e prioridades da nova gestão, dos desafios a indústria da construção em Goiás, esclarece como o sindicato pretende incentivar a adoção de práticas sustentáveis e inovadoras no setor e abordar a questão da qualificação da mão de obra na indústria da construção.

Cenário promissor

Considero que o cenário atual da indústria da construção em Goiás é bastante promissor. Em 2023, o PIB do estado registrou um crescimento de 6,1%, o que representa o dobro do crescimento nacional, situado em 2,4%. Esse contexto favorável é impulsionado pela estabilidade dos preços dos insumos da construção e pela redução da taxa Selic, que se reflete diretamente na diminuição das taxas de juros tanto para crédito empresarial quanto para crédito imobiliário. Além disso, a retomada do Programa Minha Casa Minha Vida, as obras do PAC e os investimentos anunciados pelo Governo do Estado apontam para uma trajetória ascendente de crescimento econômico no setor. Todos esses fatores combinados indicam um ambiente propício para o desenvolvimento da construção civil em Goiás.

Metas e prioridades

Como presidente do Sinduscon-GO, nossas metas e prioridades para os próximos anos são claras: fortalecer os laços entre nossos associados e promover um ambiente de colaboração e crescimento mútuo. Acreditamos firmemente que ao cultivar relações mais próximas entre os membros, podemos construir uma rede sólida e receptiva, facilitando a troca de experiências e oportunidades.

Além disso, temos um compromisso social em fomentar o aprimoramento e a capacitação dos profissionais da construção civil. Nesse sentido, vamos dar continuidade aos programas existentes, como a Comunidade da Construção, a Universidade da Construção e o inovador projeto de Residência Técnica em Engenharia Civil.

Uma ênfase significativa será colocada no aumento da arrecadação. Reconhecemos que a força e a capacidade do sindicato dependem diretamente do apoio financeiro de nossos membros. Portanto, é crucial garantir que possamos continuar representando efetivamente os interesses da categoria, promovendo negociações assertivas e implementando projetos que beneficiem a todos os associados.

Desafios em Goiás

Um dos principais desafios enfrentados pela indústria da construção em Goiás atualmente é a escassez e a falta de qualificação da mão de obra. Com um grande número de obras em andamento e várias outras iniciando, a demanda por trabalhadores qualificados é alta. É crucial reconhecer e valorizar a importância dos trabalhadores da construção civil.

Apesar do momento favorável em termos de emprego e renda na área, ainda existem preconceitos e barreiras que impedem muitas pessoas de ingressarem nesse setor. Para superar esses obstáculos, é essencial promover a inclusão e igualdade de oportunidades, destacando o valor único que cada profissional traz para a indústria.

Para enfrentar esse desafio, contamos com parcerias estratégicas com instituições como a Fieg e o Senai Goiás, visando ampliar os programas de treinamento e capacitação profissional. Investir na qualificação da mão de obra é fundamental para garantir a sustentabilidade e o crescimento contínuo da indústria da construção em Goiás.

Colaboração e parcerias

A colaboração com os governos estadual e municipais para impulsionar o setor é uma das responsabilidades fundamentais do Sinduscon-GO, uma missão que sempre desempenhamos com grande dedicação. Compondo o Fórum Goiano de Habitação (FGH) junto à ADEMI-GO, SECOVI-GO e ADU-GO, participamos ativamente deste espaço de diálogo. Ele nos permite discutir temas cruciais não apenas com o Estado e os municípios, mas também com Concessionárias, o Ministério Público, o Ministério Público do Trabalho e os Tribunais de Justiça, PROCON e entre outras.

Além disso, somos associados à CBIC, uma instituição de suma importância para o setor. Ela possui a capacidade de abordar questões de alcance nacional junto ao Governo Federal, participar da formulação de legislação no Congresso Nacional e influenciar normas técnicas e outros aspectos relevantes. No momento, estamos particularmente preocupados com as leis complementares da Reforma Tributária.

É relevante destacar que a CBIC é presidida atualmente por nosso amigo e conterrâneo Renato Corrêa, um fato que nos enche de orgulho. Essa liderança fortalece ainda mais nossa capacidade de defender os interesses da indústria da construção.

O Sinduscon-GO é um dos 35 sindicatos filiados à FIEG. Lá, temos a Câmara da Indústria da Construção (CIC), presidida por nosso diretor e ex-presidente Sarkis Curi. Essa câmara é composta por 15 sindicatos do setor da Construção Civil e desempenha uma função importante no sentido de estreitar o diálogo entre todos os envolvidos.

Incentivo às práticas sustentáveis

O Sinduscon-GO tem como objetivo incentivar a adoção de práticas sustentáveis e inovadoras no setor da construção. Reconhecemos a crescente importância do conceito ESG (Environmental, Social and Governance), que abrange políticas ambientais, responsabilidade social e governança corporativa. Nessa perspectiva, nesta gestão, estabelecemos uma diretoria exclusiva, composta pelas diretoras Camila Abigail e a Ana Paula Machado, para promover discussões e implementar iniciativas relacionadas a esses temas entre nossas empresas associadas.

À medida que o setor da construção continua a se expandir e enfrenta desafios como a escassez de mão de obra, estamos vendo uma tendência crescente em direção à industrialização nos canteiros de obras. Buscamos incentivar a automação e a otimização dos processos, a especialização da mão de obra e a adoção de tecnologias como as peças pré-fabricadas. Essas questões são discutidas ativamente pela Câmara da Indústria da Construção (CIC), evidenciando nosso compromisso com a inovação e a sustentabilidade no setor.

Qualificação da mão de obra

A questão da qualificação da mão de obra na indústria da construção é, incontestavelmente, o maior desafio enfrentado pelo setor atualmente. A escassez de profissionais qualificados é uma preocupação compartilhada por todas as empresas associadas.

Para enfrentar esse desafio, o Sinduscon-GO tem estabelecido parcerias estratégicas, como a colaboração com o Sesi-Senai, visando oferecer formação profissional tanto na Região Metropolitana quanto no interior do estado. Muitas empresas têm realizado treinamentos em seus canteiros de obras, buscando capacitar seus colaboradores, e investido na retenção de talentos através da melhoria do ambiente de trabalho e de programas de saúde, como o SECONCI-GO, mantido e administrado pelas próprias empresas da construção, com foco no atendimento social, de saúde e segurança do trabalho para os trabalhadores do setor e seus dependentes.

Além disso, planejamos lançar uma campanha de valorização da mão de obra dos trabalhadores da construção civil. Reconhecendo que, apesar do momento favorável em termos de empregabilidade e renda, ainda existem preconceitos que podem ser obstáculos para o ingresso na construção civil, é essencial combater essas barreiras, promovendo a inclusão, igualdade de oportunidades e destacando o valor fundamental que cada profissional traz para o setor.

Programas de capacitação

Estamos comprometidos com programas robustos de capacitação e parcerias estratégicas com instituições educacionais. Atualmente, temos três projetos educacionais de destaque em andamento.

Primeiramente, a comunidade da construção, uma parceria consolidada entre ABCP, Sinduscon-GO e a Universidade Federal de Goiás (UFG), está em vigor há 23 anos. Este projeto, que envolve empresas associadas, visa discutir temas relacionados à cadeia produtiva e desenvolvimento dos processos construtivos de forma participativa.

Além disso, lançamos a Universidade da Construção, em parceria com a Recurso Sustentável, visando proporcionar conhecimento e atualização para profissionais da Construção Civil. Estamos oferecendo cursos de curta duração mensalmente, abordando temas atuais e relevantes para o mercado.

E, para complementar, estamos prestes a iniciar a primeira turma da Residência Técnica em Engenharia, uma parceria estratégica com FIEG, Fatesg e Crea-GO. Este programa tem como objetivo enriquecer a formação de engenheiros recém-formados, oferecendo uma experiência prática e complementar à sua educação formal.

Expectativas para 2024

As expectativas para o setor da construção em 2024 são positivas, com muitas oportunidades de crescimento. Prevemos que a economia continuará a se expandir e a construção civil contribuirá significativamente para esse crescimento, tanto em nosso estado quanto em todo o país. Com investimentos em infraestrutura, habitação e inovação, esperamos que o setor continue sendo um importante impulsionador da economia, gerando empregos e promovendo o desenvolvimento regional.

Image
SIGA-NOS


Informações


 (62) 3095-5155

 Rua João de Abreu, nº 427, Setor Oeste - Goiânia-GO - CEP: 74120-110

ANUNCIE CONOSCO

Venha para a vitrine da Cadeia da Construção.

Saiba mais...